Quinta-feira, 21 de Setembro de 2006

Vida de Drogado

Vagueias pelas ruas,
Perdido em teus pensamentos,
Já não sabes onde moras,
Pensas e agora choras,
Tua vida, feita de tormentos.
Já não te lembras como foi,
Deixaste-a entrar na tua vida.
No início era tudo mágico,
E depois da tua alma esquecida
Não vês como é tudo trágico.
Queres deixá-la e não consegues,
Quem te ajudará agora?
Ela não te irá perdoar
Tinhas tanto para viver lá fora…
E tu preso nela, a amargurar.
Pensas no fim que terás,
Procuras avidamente dinheiro,
Doente e desesperado,
No meio de uma noite escura,
Só a vida de drogado,
Não te permite ver tua figura.
sinto-me:
música: Christina Aguilera - Aint no Other Man
publicado por Vera às 00:00

link do post | critiquem ou elogiem | favorito
7 comentários:
De Angela a 21 de Setembro de 2006 às 14:30
Continuo a perguntar-me como é que as pessoas permitem que a droga entre nas suas vidas. Há tanta informação àcerca do assunto, tantos testemunhos de vidas destruídas por esse flagelo!
Por vezes, penso que o fazem para porem termo à sua vida e, não tendo "coragem" para se suicidarem, preferem enveredar por essa morte lenta e degradante... para chamar a atenção? para magoar os outros? para se torturarem? ou porque pensam que podem voltar atrás?... Não sei.
Só sei que desejo que a droga nunca se cruze no caminho das pessoas que eu amo!
Nesse campo, prefiro continuar a ter um discurso meramente teórico!
De fatima a 21 de Setembro de 2006 às 15:47
Que mais se pode dizer? Nada, está tudo dito...
Concordo com cada letrinha tua, tb já escrevi sobre o assunto,hoje em dia entra-se pq está na moda, pq o amigo anda, é pa curtir, é pa moca...e sei lá mais quantas expressões!!!

E depois, pergunto eu, qual é o caminho da saída??

Beijinho
De FM a 24 de Setembro de 2006 às 21:41
nem tudo é o que parece, nem tudo o que parece é!
há droga e droga, há drogados e drogados.
há muitos tipos de droga, e outros que nos afectam bem mais que os narcoticos que tanto se fala.
não gosto de falar sobre o assunto, porque tenho uma opinião bem diferente da opinião global.
Mas o poema está muito bonito.
BJ

FM
De FlordeLis a 27 de Setembro de 2006 às 16:58
Admiro quem passa por isso e consegue superar e olhar a vida em frente...
De apenasMadalena a 25 de Outubro de 2006 às 14:27
Desculpa o atrevimento de vir aqui espreitar, mas já li algumas coisas que escreves no blog do Zé Pedro e gostei do que li.
Quanto a este post, como se costuma dizer, muito haveria a dizer....Eu já acompanhei de perto a degradação de uma pessoa apanhada pela droga que acabou por morrer e não é nada fácil assistirmos a uma situação dessas e sentirmo-nos impotentes para poder ajudar.
Apareçe no meu blog
Bj
Madalena
De isabbel a 13 de Janeiro de 2010 às 16:30
olá
gostei muito do poema.
Só fiquei triste pois estou a passar por uma situação duma pessoa da família que tinha largado a droga e agora teve uma recaída , mas eu espero que ele seja forte e consiga sair.
Bjs e muitos parabéns.
De MPF a 15 de Maio de 2010 às 20:47
como foi dito, ah Drogas e drogas, Drogados e drogados.

muitas das vezes pessoal entra nisso por curiosidade, pode acabar por ficar grande viciado e dependente, mas também pode apenas tomar de vez em quando para relaxar e ter um bom bocado.

e como tudo na vida, se for em demasia faz mal.

quanto ao poema ta giro ;)

criticar post

*Sobre mim

*Cuscar no BLOG

 

*Recentes

* A minha escolha

* Convite

* Novo Blog

* Amor Banal

* Tristeza

* Perdida

* Adeus Amor

* Vida de Drogado

* Traição e Sorte

* “Era uma vez…”

*Arquivos

* Março 2011

* Janeiro 2009

* Setembro 2006

* Agosto 2006

* Julho 2006

*Favoritos

* Depois de algum tempo...

* Minha Filha

* Quero ser tua

* Minha Vida

* Princesa

*Cantinhos Paradisíacos